in

Tatuagens da Ludmilla

Olha o mundo do funk aparecendo entre nossos artigos mais uma vez e, desta vez, nada de Mc Kevinho, Mc Lon e esses caras, agora é o momento de falarmos sobre as gatas que tornam o mundo do funk mais belo, como Anitta e MC Mirella.

 

E desta vez, falaremos de Ludmilla, uma cantora de funk que tem chamado atenção do Brasil inteiro não só por causa de seu talento para música, como também, de outros predicados que essa gatíssima nos presenteia.

Ludmila Oliveira da Silva, nasceu no dia 24 de abril de 1995, em Duque de Caixas, Rio de Janeiro. E é uma daquelas peças que começaram muito cedo na música. Não, não, Ludmilla teve que ralar para chegar onde está, falei isso por que, desde pequena a garota já mostrava uma queda para a música.

E quando cresceu, diante de um mundo tecnológico e de um ritmo ousado e cheio de malicia, acabou se debandeando para o mundo do funk e lá vai a pequena Ludmilla postar seus primeiros vídeos no youtube.

Mas, Ludmilla não queria trilhar os mesmos caminhos do funk de raíz e acabou partindo para o funk mellody, algo que chamou atenção de muitos fãs do estilo musical, claro que alguns torceram o nariz, no entanto, a maioria abraçou com todo carinho e ainda, chamou a MC Ludmilla de MC Beyoncé.

No ano de 2012, Ludmilla lança sua música “Fala Mal de Mim” e acaba estourando no país inteiro. O vídeo se tornou um dos mais assistidos, cerca de 15 milhões de visualizações o que transportou a cantora diretamente para a televisão. E, depois disso, apenas sucesso na vida da cantora que agora é uma das aclamadas do gênero.

Depois do grande sucesso, Ludmilla lançou um disco independente e estourou a boca do balão, tanto é que chamou atenção da Warner Music que acabou contratando a cantora. Com isso, Ludmilla começou com mais aparições em programas de auditório e diversos shows pelo Brasil.

Até ai, Ludmilla era mais conhecida como MC Beyoncé, mas acabou mudando de nome depois que descobriu que estava sendo roubada pelo empresário. Rolou um bafafá terrível e a garota até ameaçou a parar de cantar devido a decepção, mas, graças aos deuses do  funk, ela continuou, mas não como Mc Beyoncé, mas sim como Mc Ludmilla.

E ainda bem que a cantora decidiu continuar, quando lançou o single “Sem Querer” no iTunes, ela bateu recordes de vendas no mesmo dia após o lançamento. Isso para você ter ideia do talento que essa mocinha tem. Depois disso, mais e mais shows pela frente.

No eixo Rio-São Paulo, Ludmilla chegou a fazer três shows por noite e, a cantora decidiu inovar e deu um tapa mais pop no visual e nas músicas também, mas se está achando que a cantora está curtindo o auge… Esse momento veio em 2015 com o single “Te ensinei certin”. No Youtube e redes sociais a cantora é uma febre no meio de tantas e fatura milhões, tornando a garota em uma das mais requisitadas do estilo e consolidando seu sucesso.

Mas, nem tudo são flores na vida da cantora e no ano de 2016 foi vitima de racismo, outra polêmica rolou no ano de 2017, uma possível nude da cantora vazou na internet. Coisas básicas e nada que não se convertido em degraus para a escada da fama. E agora, vamos ficar com as fotos das tatuagens da Ludmilla? Algumas são bem sexys.

What do you think?

456 pontos
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Comments

comments

Tatuagens de Kelly Key

Tatuagens da Lady Gaga